Descubra Santo Antônio da Alegria
PERSONALIDADES
Fonte: Livro "História de Santo Antônio da Alegria" - Vol.01
Autor: João Batista Garcia Maia
Coronel Francisco Antônio Mafra

É sem dúvida a figura mais importante do ínicio de nossa história. Além de ocupar os mais importantes cargos da freguesia e posteriormente do município, foi ele quem doou as terras à Igreja, onde originou-se a cidade.

Dona Maria Inocência de Figueiredo

Esposa de Francisco Antônio Mafra, doou juntamente com o marido lotes de suas terras à Igreja, onde posteriormente veio a originar-se Santo Antônio da Alegria. "Nasceu em 1827, na Fazenda Retiro de São João. Casou-se em 03 de Agosto de 1843, vindo a falecer aos 30 anos, em 26 de Setembro de 1857."

D. Maria e o Coronel Francisco Antônio Mafra não tiveram filhos. Deixando suas terras aos seus ex-escravos, que as perderam, pelo não pagamento de impostos.

Coronel Antônio Félix da Silva

Ocupou cargos importantes da Freguesia e do Município, foi um político influente na região, conforme constam vários documentos. "Suas terras iam das proximidades de Santo Antônio até o bairro do Jacaré" (atualmente a extensão de suas terras seria das proximidades do município, passando pelos Baús (I e II), Laginha e parte da Antinha).
Curiosidade: No local onde era a sede de sua fazenda, havia até há alguns anos a Casa Grande e a Senzala.

Coronel Antônio de Souza Vieira

Foi prefeito da cidade em 1925, tendo participado da Revolução de 1930 e sendo aprisionado em São Paulo. Posteriormente na revolução constitucionalista de 1932, destacou-se como grande líder que foi. Chegou a organizar um batalhão, para combater os mineiros. O seu objetivo, que não se concretizou, era tomar a cidade de São Sebastião do Paraíso.


Desenvolvido por:
Maicon Maia | Web Designer
(16) 9.8163-2036
2013 - 2018 © Todos os direitos reservados.